domingo, 30 de setembro de 2012

Paróquia Frei Galvão encerra Santas Missões Populares

Na manhã de hoje fiéis das 13 comunidades da Paróquia S. Antônio de Santana Galvão (Frei Galvão) participaram alegremente da Santa Missa de Encerramento da Grande Semana Missionária. Nossa comunidade não faltou e mostrou uma expressiva participação de fiéis. Dona Jovelina, irmã de nossa comunidade, pronunciou a oração dos fiéis (Preces) nessa missa.
Sob o lema "A obra é Deus. A missão é nossa", os leigos de nossa paróquia se esforçaram em realizar um belíssima festa para Deus. Foram 8 dias com grande momentos de fé, oração e confraternização! Essa foi a primeira Santas Missões Populares de nossa paróquia. 
A Grande Semana Missionária acabou, mas a missão continua e continuará até o fim dos tempos, pois  o mandato de Cristo continua sempre válido: “Ide e fazei discípulos meus em todas as nações…” (Mt 28, 19a).
Confira imagens da missa de encerramento das SMPs: 

Acesse também a fan-page (Facebook) das SMP em nossa paróquia, AQUI.

sábado, 29 de setembro de 2012

Missão com crianças e jovens marcaram o 7º dia da Grande Semana Missionária

Nosso 7º dia da Semana Missionária foi bastante intenso em acontecimentos significativos:
No amanhecer, fizemos nossa última alvora dessas Santas Missões e renovamos nossas promessas batismais e assumimos diante do Cruzeiro nossos compromissos com a Missão-Evangelização em nossa comunidade.
Ainda de manhã, por volta das 8h30min, o Grupo Shekinah Dance (Paróquia São Sebastião) vieram até nossa comunidade para animar a missão com as crianças, a missãozinha. Nosso muito obrigado ao Grupo e também às nossas catequistas pelo apoio.
As 16h, o grupo de jovens da comunidade, Guerreiros de Cristo, fizeram um momento cheio de descontração, mas tendo em vista a evangelização dos jovens presentes.
A coordenação das SMPs na paróquia esteve presente no momento das missões com as crianças e com os jovens.
À noitinha os irmãos caminharam para a Matriz de Frei Galvão a fim de participarem da Missa de Encerramento das Missões no Setor PAI: Broder Ville, São Vicente de Paulo, S. Teresinha e Comunidade-matriz. 
A missa de encerramento foi celebrada pelo nosso pároco, Pe. Vicente. As leituras e preces foram proclamadas por seminaristas menores de nossa Diocese e a animação (comentários) foi feita pelo catequista de nossa comunidade, Hermerson Saulo. Jovens de nossa comunidade prestaram homenagem aos missionários locais e de fora pelo belíssimo trabalho que desenvolveram em nossa setor paroquial

A seguir, confira imagens desse dia cheio de atividades:

ÚLTIMA ALVORADA
MISSÃOZINHA
MISSÃO COM OS JOVENS
ENCERRAMENTO DAS MISSÕES NO SETOR PAI

VIVA AS SANTAS MISSÕES POPULARES!!

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Via Sacra marca o 6º dia da Semana Missionária

Baixe o roteiro de nossa 
Via Sacra 
nas SMP-2012
Hoje, sexta-feira, DIA DO PERDÃO E DA FIDELIDADE AO EVANGELHO DE JESUS, mais uma vez, cedinho do dia os irmãos se reuniram em Alvorada na capela da comunidade. 
À noite foi realizada uma Via Sacra, onde cada um buscou associar os sofrimentos cotidianos aos de Cristo quando carregava e morria na cruz. Crianças, Jovens, Adultos e Anciãos, participaram da Via Sacra. Foi uma caminhada muito rica em profundidade e bem orante. E,m algumas estações, foram lido biografias sobre os mártires e beatos do Brasil, tendo em vista que muitos com sua vida e sua morte fizeram o mesmo que Cristo: "deram a vida pelos amigos"; nossos mártires são heróis e modelos de fé, fidelidade ao Evangelho e a Missão! 
Que os beatos "40 Mártires do Brasil" (século XVI), "Mártires de Cunhau e Uruaçu" (séc. XVII), Adílio DaRonch, Albertina, Irmã Lindalva (séc. XX), Beata Ir. Dulce (não-mártir) e a Serva de Deus Ir. Dorothy Stang, roguem por nós!
Confira imagens desse momento forte de nossa Santas Missões:

Comunidade celebrou 5º Dia da Grande Semana Missionára

No começo da manhã de ontem, os irmãos reuniram-se para rezar o Ofício Divino e rezar o Santo Rosário. Ao final partilharam um delicioso café. 
Ao longo do DIA DO AMOR GRATUITO, SOLIDÁRIO E EFICAZ, missionárias locais, Dona Maria da Soledade e Dona Rosário e mais o missionário de fora, Sr. Luis Carlos, visitaram famílias pela manhã e à tarde foi a vez do Grupo de Jovens saírem em caminhada com o missionário de fora.
À noite houve celebração eucarística presidida por Pe. Marlos Barges, que hoje é vigário-cooperador na Paróquia N. Sra. dos Remédios (Buriti dos Lopes), celebrando em Caxingo e Caraúbas do PI. 
Em sua homilia o sacerdote falou sobre o cuidado que devemos ter com as pessoas idosas (ontem era dia do idoso), insistiu que pedíssemos sabedoria ao Senhor e insistiu ainda que em aprendêssemos a sermos servos, conforme o Evangelho de domingo passado e também o exemplo do santo do dia, S. Vicente de Paulo. 
Foi uma celebração muito bonita e bem participada!

Viva as Santas Missões Populares!!

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Aconteceu 3º e 4º dia da Grande Semana Missionária

Na terça-feira, irmãos se reuniram à noite na capela de nossa comunidade para rezarem o Ofício Divino das Comunidades para o 3º dia (DIA DAS BEM-AVENTURANÇAS E MALDIÇÕES DE JESUS) da Grande Semana Missionária de nossa paróquia. A celebração contou com a presença de Fernanda, membro da Coordenação paroquial das SMPs.
Na quarta-feira, à noite, DIA DA ORAÇÃO E MEDITAÇÃO PESSOAL, muitos irmãos partiram em caminhada para a Comunidade São Vicente de Paulo, no bairro de mesmo nome, para participarem da Santa Missa para acolhida dos missionários de fora do setor PAI.
A missa foi presidida por Pe. Marlos Borges, vigário cooperador da Paróquia N. Sra. dos Remédios, em Caxingó. A 1ª leitura foi proclamada por H. Saulo, catequista de nossa comunidade, o salmo foi lido por uma representante da Comunidade Joaz Souza e as preces por uma representante da comunidade anfitriã.
Ao final o Sr. Areolino Jr. apresentou a cada coordenador de comunidades do Setor os missionários de fora que estavam sendo enviados em missão. O nosso missionário vem da Paróquia da Graça e se chama Luis Carlos.
Foi uma celebração muito bonita!
Confira imagens dessas duas noites de missão:

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Aconteceu o 1º e 2º Dia da Semana Missionária

Na noite de ontem irmãos de nossa comunidade foram caminhando participar da Santa Missa de Abertura (Envio) das Santas Missões Populares em nossa paróquia na Matriz de Frei Galvão. Ao final da missa os irmãos voltaram na carroceria do caminhão do casal Antônio e Do Carmo, a quem mais uma vez agradecemos esse gesto de solidariedade.
Confira algumas imagens da caminhada e retorno dos irmãos-missionários de nossa comunidade:

Baixe o roteiro para 2 dias
da Semana Missionária.
Algumas comunidades cedo do dia reuniram-se em alvorada. nnossa comunidade, porém, realizou na noite de hoje, a reza e meditação do Ofício Divino baseado no livro Ofício Divino das Comunidades conforme sugestão do Pe. Mosconi (inspirador dessa forma missionária). A celebração desta segunda-feira, é conhecida como "Dia da Ternura e Compaixão" porque se inspira na passagem evangélica de Marcos (6, 34-44). Senhoras presentes, Dona Fátima, Dona Helena e Dona Mª. da Soledade relatam situações da vida delas em que perceberam a ternura e a compaixão de Deus na vida delas, assim elas fizeram "um encontro pessoal com Jesus".
Amanhã, os irmãos se reencontrarão para rezar no "Dia das Bem-aventuranças e maldições de Jesus" (Lc 6, 20-26).
O catequista Hermerson Saulo organizou um material/roteiro para celebrações desses dois dias missionários, confira na imagem ao lado.
Confira a programação das Santas Missões em nosso setor, AQUI.

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Confira a PROGRAMAÇÃO da Semana Missionária em nossa Comunidade

Programe-se para participar ativamente de nossas Santas Missões Populares (23 a 30 de setembro/2012). 
Confira nossa programação abaixo:
DIA
HORA
O QUE ACONTECE?
23
(Domingo)
18h
Caminhada saindo da Capela N. Sra. Aparecida (Broder Ville) para a Matriz paroquial de Frei Galvão, no Joaz Souza (Missa de Envio e Abertura das Santas Missões Populares-SMP);
24
(2ª-feira)
19h
Celebração na Capela N. Sra. Aparecida ou em alguma casa da comunidade (a definir-se).
25
(3ª-feira)
19h
Celebração na Capela N. Sra. Aparecida ou em alguma casa da comunidade (a definir-se).
26
(4ª-feira)
18h
Caminhada saindo da Capela N. Sra. Aparecida para a Capela S. Vicente de Paulo, no bairro S. Vicente de Paulo (Missa de acolhimento dos missionários de fora);
27
(5ª-feira)
5h

19h
- Alvorada com Procissão seguido de café-partilhado;

- Celebração na Capela N. Sra. Aparecida ou em alguma casa da comunidade (a definir-se).
28
(6ª-feira)
5h

19h
- Alvorada com Procissão seguido de café-partilhado;

- Celebração na Capela N. Sra. Aparecida ou em alguma casa da comunidade (a definir-se) e instalação do Cruzeiro.
29
(Sábado)
5h


9h

16h

18h
- Alvorada para a Renovação das Promessas Batismais seguido de café-partilhado;

- Celebração com as Crianças;

- Celebração com os Jovens;

- Caminhada saindo da Capela N. Sra. Aparecida para a Matriz de Frei Galvão, no Joaz Souza (Missa de encerramento da Missão no Setor Pai);
30
(Domingo)
8h
Caminhada saindo da Capela N. Sra. Aparecida (Broder Ville) para a Matriz paroquial de Frei Galvão, no Joaz Souza (Missa de Encerramento das SMP).

Os Setores paroquiais para as Santas Missões Populares:
  • Comunidades do setor PAI: Matriz; S. Vicente de Paulo; S. Teresinha e Broder Ville.
  • Comunidades do setor FILHO: Igaraçu; Cândito Athayde; Pilocarpina; Lagoa da Prata, Rancharia.
  • Comunidades do setor ESPÍRITO SANTO: Km 7; Km 12; Assentamentos Lagoa do Prado; Cajueiro; Rebentão; Canaã do Norte – Monte Alegre (zona Rural).

sábado, 15 de setembro de 2012

Hino Oficial da JMJ Rio2013 é lançado no Rio de Janeiro

Os fiéis da arquidiocese do Rio de Janeiro, em especial os jovens, reuniram-se na noite desta sexta-feira, 14, para conhecer, ouvir e cantar pela primeira vez o Hino Oficial da Jornada Mundial da Juventude (JMJ Rio2013) intitulado: “Esperança do Amanhecer”. 
O lançamento da canção que embalará a vida vocacional e missionária dos jovens de todo o mundo foi realizado durante a festa da Exaltação da Santa Cruz, após o show dos cantores católicos Adriana, Eliana Ribeiro, Walmir Alencar, Olivia Ferreira e Leandro Souza, intérpretes do Hino.
Com uma queima de fogos, milhares de fiéis presentes e outros que acompanhavam pelas redes sociais assistiram aomaking of da gravação do Hino. Estiveram presentes o arcebispo do Rio de Janeiro e presidente do Comitê Organizador Local (COL) da JMJ Rio2013, Dom Orani João Tempesta, juntamente com o Núncio Apostólico do Brasil, Dom Giovanni d'Aniello, e o autor da canção, Padre José Candido.
“Creio que hoje é um dia muito bonito para todos nós. Lançamos o Hino oficial da Jornada Mundial da Juventude Rio2013 lembrando que foram 180 contribuições e uma escolha difícil para poder definir uma canção que pudesse dizer aquilo que é a JMJ, aquilo que é a juventude, e que também trabalhasse com o tema da Jornada: ‘Ide e fazei discípulos entre todas as nações’ (Mt 28, 19)”, disse Dom Orani.
Ele lembrou que o lançamento do Hino aconteceu em um dia especial, Dia da Exaltação da Santa Cruz, e que a Cruz da JMJ também percorre diversos estados e municípios do Brasil. “Queremos evangelizar e anunciar Jesus Cristo que morreu na cruz, mas que venceu a morte e ressuscitou, e os jovens são protagonistas desse anúncio hoje e amanhã”. 

Entusiasmado com a juventude carioca e com o Hino da JMJ Rio2013, Dom Giovanni utilizou o refrão da canção para reafirmar o desejo do Papa Bento XVI: que os jovens sejam missionários.
“O refrão do hino diz: ‘Cristo nos convida: venham meus amigos! Cristo nos envia: sejam missionários!’. Nós convidamos as pessoas que gostamos, nós convidamos as pessoas que são nossos amigos, pessoas importantes, e Cristo nos considera amigos, pessoas importantes, Ele precisa da nossa colaboração, Ele nos convida para estar com Ele e também depois anunciá-lo para o mundo inteiro, para todas as pessoas que ainda não o conhecem e fortalecer aqueles que já o conhecem”, disse.
Padre José, que compôs o Hino, também revelou sua emoção em participar do lançamento. Ele acompanhou de perto a alegria dos jovens que estavam lá e conheceram o Hino da Jornada. 
“Olhamos o povo com o olhar de Cristo e sentimos vontade de ir anunciá-lo e transformar esse mundo e vocês, jovens, vão transformar este mundo eu tenho certeza. Essa é a inspiração, a esperança e a alegria que eu trouxe no coração e queria compartilhar com vocês através do Hino”, disse padre José.
Os jovens entusiastas da nova evangelização aprovaram a canção. Para o integrante da Pastoral da Comunicação (Pascom) da Paróquia Sagrada Família, no Complexo da Maré, Diego Rezende, o Hino tem a cara da juventude e é perceptível que ele foi escolhido por Deus. 
“Fiquei muito tocado e entusiasmado pela jovialidade que tem a letra. Não é possível dizer que não foi uma vontade de Deus que esse hino fosse escolhido para ser um marco na história da Jornada e na vida da juventude do Rio. Estou ‘doidinho’ para aprender a cantar a letra toda porque esse Hino com certeza já faz parte da minha vida e da minha juventude”, contou.

Eis a letra do Hino:

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Há 50 anos, o Concílio

No próximo dia 11 de outubro, em Roma, será comemorado o 50º aniversário da abertura do Concílio Ecumênico Vaticano 2º. Na ocasião, o papa Bento 16 também dará início ao Ano da Fé, que se estenderá até à festa de Cristo Rei, 24 de novembro de 2013. Será um evento memorável, que fará a memória do mais importante momento da vida da Igreja no século 20.
Embora permanecendo a mesma na sua identidade, natureza e missão, a Igreja mudou muito a partir do Concílio. Mudou para ser mais ela própria. Lembro de uma comparação usada no passado, com certa frequência, para explicar a necessidade das “reformas” conciliares: é como uma bela imagem que as pessoas gostam muito e, por isso mesmo, vão queimando vela em sua homenagem, penduram fitas, colocam coroas e outros enfeites e até vestem a imagem com pano. Tudo, porque gostam e querem expressar o carinho para com aquela imagem querida...
Chega um momento em que já não se consegue mais ver bem a imagem, de tanto enfeite e fuligem de vela... Aos poucos, só se vê o adorno e quem não conhecia a imagem original, perde o apreço por ela, pois não compreende o sentido de tanto adorno... É preciso, então, fazer um restauro, retirando os “acréscimos” que escondiam a imagem, para restituir-lhe a beleza e o sentido originários... Comparação é comparação. “Omnis comparatio claudicat” (toda comparação tem defeitos), já diziam os latinos. Fiquemos com o aspecto verdadeiro, para aplicar essa comparação à Igreja.
A reforma, ou renovação conciliar, teve a intenção de ajudar a Igreja a voltar-se para o mais essencial; antes de tudo, para perceber de onde ela própria vem e que a sua razão de ser e existir não vem dela, mas do amor de Deus Trindade, da Palavra reveladora do desígnio de salvação de Deus para com o homem (Constituição Dogmática Dei Verbum). A Igreja queria compreender-se melhor como povo agraciado por Deus, chamado e enviado a proclamar ao mundo a Boa Nova, testemunha do Reino de Deus entre os homens; era necessário clarear novamente a parte de cada membro na vida e na missão da Igreja (Constituição Dogmática Lumen Gentium).
Para melhor realizar isso, foi feita a renovação da Liturgia, da disciplina e organização da Igreja, da formação, vida e missão dos bispos, presbíteros, religiosos e leigos, para que cada um destes grupos componentes da Igreja pudesse viver melhor sua vocação e missão no seio da Igreja e no coração do mundo. Era necessário reafirmar mais uma vez, e de maneira clara, que a Igreja é missionária e não pode deixar de cumprir o mandato de Cristo, de ir e proclamar o Evangelho a todos os povos. Vários decretos e outros documentos do Concílio deram indicações para a revitalização da Igreja, que se fazia muito necessária.
Mas também era necessário que a Igreja se colocasse no compasso do tempo e da história, propondo-se como anunciadora, servidora e testemunha de Boas Novas para o homem contemporâneo, dialogando com o mundo, sem deixar-se absorver por ele; a Igreja tem muito mais para dizer ao homem do que aquilo que ele não deve fazer: ela tem uma luz forte a irradiar sobre a dignidade da pessoa humana e a reta ordem do viver e conviver entre todos os membros da comunidade humana, que ela não pode reter para si e deve partilhar, para a vida plena do homem (Constituição Pastoral Gaudium et Spes).
Por isso mesmo, no Concílio Ecumênico Vaticano 2º, a Igreja abriu-se para ouvir e dialogar com os cristãos de outras Igrejas e grupos, com os crentes de religiões não-cristãs e também com os não crentes. Não é porque ela estivesse pouco convicta da própria verdade, mas porque apenas na atitude do diálogo se consegue compreender as razões do outro e empreender um caminho que tenha algo em comum. Desde o Concílio, muitos passos foram dados nesse caminho, nem sempre fácil. Seria muito pouco, se olhássemos o Concílio Vaticano 2º apenas como um acontecimento do passado. O cinquentenário de sua realização também é ocasião para avaliar os frutos já produzidos; e também para perceber as inevitáveis falhas na aplicação do Concílio, ao longo desses anos todos. E isso tudo nos ajudará a perceber melhor a graça do Concílio e quanto ele ainda tem para ajudar a Igreja nos próximos anos. O Concílio foi concluído em 1965; mas a obra do Concílio está longe de estar concluída!

Cardeal Odilo Pedro Scherer
Arcebispo de São Paulo (SP)

FONTE: CNBB, 12/09/2012

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Divulgada a Programação das Santas Missões em nossa Paróquia


23 SETEMBRO 2012 (DOMINGO) – MISSA DE ENVIO

- Às 19h na Matriz, MISSA DE FREI GALVÃO;
- Todas as comunidades reunidas na matriz para a abertura da Grande Semana Missionária;
Responsabilidade: Coordenação Paroquial da SMP
24 SETEMBRO 2012 (SEGUNDA) - DIA DA TERNURA E COMPAIXÃO

*Leituras do dia: Mc 6,34-44 / Lc 7,36-50
* 5h30m Alvorada/café comunitário (decisão da comunidade)
* Divulgação pelo bairro da celebração da Noite
* 19h CELEBRAÇÃO EUCARISTICA OU DA PALAVRA
Responsabilidade: Comunidade

25 SETEMBRO 2012 (TERÇA) - DIA DAS BEM-AVENTURANÇAS E MALDIÇÕES DE JESUS

*Leituras do dia: Mt 5,1-12; Mt 7,21-23 / Lc 6,20-23
* 5h30m Alvorada/café comunitário (decisão da comunidade)
* Divulgação pelo bairro da celebração da Noite
* 19h CELEBRAÇÃO EUCARISTICA OU DA PALAVRA (Com momento de testemunhos)
Responsabilidade: Comunidade

26 SETEMBRO 2012 (QUARTA) - DIA DA ORAÇÃO E MEDITAÇÃO PESSOAL

*Leituras do dia: Lc 4,42-43 e Mt 26,36-46
* 5h30m Alvorada/café comunitário (decisão da comunidade)
*07h: IGREJA O DIA TODO EM ADORAÇÃO AO SANTISSIMO SACRAMENTO (ORGANIZAR EQUIPES);
* Divulgação pelo bairro da celebração da Noite

OBS: a partir das 15h na Matriz os missionários de fora, estarão chegando e sendo encaminhados para as comunidades; MOMENTO DE ACOLHIDA AO MISSIONARIOS NOS SETORES.

*19h CELEBRAÇÃO DA EUCARISTIA NO SETOR (que seja uma vigília de oração, com depoimentos, adoração silenciosa, coreografia, leitura ou dramatização de texto bíblico)
Responsabilidade: Coordenações do setor/missionários de fora

27 SETEMBRO 2012 (QUINTA) - DIA DO AMOR GRATUITO, SOLIDÁRIO E EFICAZ

* Leituras do dia: Jo 3,16-18 / Jo 3,34-35
* 5h30m:ALVORADA NAS COMUNIDADES
*6h30m: CAFÉ COMUNITARIO
*7h30m: CONCENTRAÇÃO E ORAÇÃO / REFLETIR Jo 3,16-18
* 8h: VISITAS AS FAMILIAS DA COMUNIDADE
*11h: RETORNO
*12h: ALMOÇO
*14h: CONCENTRAÇÃO E ORAÇÃO / REFLETIR Jo 3,34-35
(VISITAS AS FAMILIAS DA COMUNIDADE)
*16h30m: RETORNO
*17h: AVALIAÇÃO
*18h: JANTAR
*19h: CELEBRAÇÃO EUCARISTICA OU DA PALAVRA
Responsabilidade: Comunidade e missionários de fora.

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

PASCOM Diocesana realizará Encontro de Comunicação em Parnaíba

O senhor bispo diocesano, Dom Alfredo Scháffler convida as paróquias de Parnaíba para participarem do Encontro de Comunicação que ocorrerá nos dias 15 e 16 de setembro, no Centro Pastoral Sagrada Família, com o objetivo de capacitar pessoas que queiram colaborar com a diocese redigindo noticias de suas paróquias a fim de serem divulgadas tanto no Jornal Millenium como também no site da diocese para que assim possam ser criadas as equipes paroquiais de comunicação. 
O curso será ministrado pela jornalista Claudia Valeria (Comunidade Shalom) e cada paróquia poderá enviar até 2 representantes. Em breve este mesmo curso será oferecido para as demais paróquias da diocese.
As paróquias podem confirmar sua participação enviando os nomes dos seus representantes através de e-mail: pauloadrianophb@hotmail.com ou ligar: (86) 9423-2253 (Paulo Adriano) e (86) 3322-2358 (Cúria Diocesana; falar com Vanusa).

Fonte: Paulo Adriano - Diocese de Parnaíba

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Definido a temática da Festa da Padroeira - 2012

"Como Maria cremos na Igreja de seu Filho"

Este foi o tema escolhido para a Festa da Padroeira - Nossa Senhora Aparecida - deste ano.
Depois de três reuniões, 27, 31 de agosto e ontem, 4 de setembro, terminou-se a programação de nosso festejo.
A festa desse ano conta com uma novidade: será um dozenário; a festa começará dia 1º e vai até 12 de outubro. Cada dia refletiremos as verdades de Fé ensinadas pela Santa Igreja de Cristo - isso em consonância com o Ano da Fé que celebraremos no final de 2012 até o ano de 2013.
A Festa de nossa padroeira começa imediatamente depois do encerramento da Semana Missionária que vai acontecer em toda nossa paróquia: de 23 a 30 de setembro.
Nos próximos dias divulgaremos a programação completa!
Participe de nossas Santas Missões sendo um missionário!
Participe de nossas festas!

Conheça a "tabela periódica da Bíblia Sagrada"

A exemplo da Tabela Periódica dos Elementos, elaborados pelos químicos, o Portal Kerigma (fan page do Facebook) organizou uma "Tabela Periódica da Bíblia". Um ótimo recurso para a Catequese e um presente para todos nós no mês da Bíblia.
A tabela tem a abreviatura e o nome do Livro sagrado, a quantidade de capítulos e de versículos. Veja-a abaixo (clique sobre a imagem para ampliá-la!): 

sábado, 1 de setembro de 2012

Visita da imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima

"Donde me vem esta honra de vir a mim a mãe do meu Senhor em minha casa?" (Lc 1,43)

Clique na imagem para ampliar!
No final da tarde de ontem, 31/08, memória de S. Raimundo Nonato, uma família de nossa comunidade acolheu a imagem de Nossa Senhora de Fátima - entregue aos Arautos do Evangelho (Associação Internacional de Fiéis de Direito Pontifício) no ano de 2004 pelo papa Beato João Paulo II.
Além da Imagem peregrina de nossa Mãe Santíssima, Dona Henriqueta e Seu Carlos, acolheram alguns irmãos vizinhos para juntos rezarem por nossas famílias.
Fazemos votos de que Nossa Mãe Maria vele sempre pela família que a acolheu ontem, mas também por todas as famílias do mundo!
Rainha das Famílias, rogai por nós!

Ouvintes e Servidores da Palavra

Ao longo do mês da Bíblia somos convidados a uma leitura mais assídua da Palavra de Deus. São Tiago recomenda receber com humildade a Palavra que em nós foi implantada e que é capaz de salvar as nossas almas. Não basta, porém, sermos meros ouvintes da Palavra, enganando-nos a nós mesmos, mas praticantes da Palavra (cf. Tg 1, 21-22). É a Palavra que nos salva. Mas para isso é necessário pô-la em prática como expressão de vida no amor. Não basta conhecer e saber o Evangelho; é preciso convertê-lo e transformá-lo em vida. Temos de ser terra boa, bem preparada, adubada, onde a Palavra do Senhor enraíza e cresce.
A Palavra de Deus é amor. Quem ama, cumpre e vive a Palavra. Quem se aproxima dos pobres e dos mais necessitados e se compadece dos aflitos e sofredores, é praticante da Palavra, agrada aos olhos e ao coração de Deus.
A Palavra de Deus é vida e ação. Quando a Palavra de Deus tiver produzido o seu fruto, voltará à nascente, cumprida a missão. Só será plenitude e perfeita compreensão, quando se tiver cumprido em nós (cf. Is 55, 10-11).
Deus quer a salvação de todo ser humano, e o mundo inteiro é terra boa dos seus cuidados. Por isso, mandou profetas a preparar caminhos e, chegada a plenitude dos tempos, enviou o seu próprio Filho (Gl 4, 4), divina semente, Palavra de vida eterna. Não há terreno duro onde o Senhor não lance a semente. Preocupações, riquezas e cuidados podem sufocar a Palavra, mas o amor misericordioso do Pai não rejeita nenhum de seus filhos e filhas. A nossa mediocridade e lentidão de inteligência (cf. Lc 24, 25) não impedem a mão de Deus.
A alma que lesse a Palavra sem a preocupação de vivê-la e pôr em prática sua mensagem, morreria de sede à beira da fonte de água viva. Portanto, redescubramos a maravilha da Palavra de Deus, que é “viva, eficaz e mais penetrante que qualquer espada de dois gumes” (Hb 4, 12). Redescubramos sua eficácia no próprio coração da Igreja, na sua liturgia e na oração, na evangelização, na vida pessoal e comunitária...
Feitos discípulos(as) missionários(as) de Cristo, poderemos experimentar o sabor da Palavra de Deus (cf. Hb 6, 5), vivendo-a na comunidade eclesial e anunciando-a aos corações acolhedores. A Palavra do Senhor seja nossa alegria diária. Recomenda-se aos “servos da Palavra” no trabalho da evangelização a leitura orante da Palavra de Deus, caminho seguro para um salto de qualidade na vivência da fé e do amor.
A leitura meditada e rezada da Palavra leva a um encontro vital e transformador com Cristo, tornando-nos discípulos(as) e servidores(as) da Palavra de Deus na missão da Igreja. Aliás, a “Igreja funda-se sobre a Palavra de Deus, nasce e vive dela” (Bento XVI, Exortação Ap. “Verbum Domini”, 3). Quais filhos e filhas desta Igreja, somos enviados para anunciar a todos a Palavra que é Cristo. Tendo-a escutado, respondamos “com a obediência da fé” (cf. Rm 1, 5; 16, 26) e “o ouvido do coração”, a fim de que as nossas palavras, opções e atitudes “sejam cada vez mais uma transparência, um anúncio e um testemunho do Evangelho”, e vivamos por Ele (cf. 1 Jo 4, 9)” (CNBB, Doc. 97, n. 92).
A exemplo de Maria Santíssima, vivamos a plena obediência da fé em sintonia com a Palavra de Deus.
Escutando a Palavra com o ouvido do coração, cresceremos na fé, na esperança e no amor.
Dom Nelson Westrupp

Bispo de Santo André


FONTE: CNBB.

Começa mais um "Mês da Bíblia"

No mês, em que a Igreja no Brasil, pede que nos dediquemos mais à leitura da Palavra de Deus e homenageando o grande tradutor da Bíblia Sagrada, São Jerônimo.
Às vésperas do "Ano da Fé" (2012-2013) que o papa Bento XVI vai inaugurar em 11/10 próximo, é válido muito bom entender muito bem a diferença entre "Fé humana" e "Fé Divina" e relação disso com a Bíblia. Isso, esclarece o texto que publicamos abaixo. Confira-o:


A Igreja ou a Bíblia? 


Padre Arnold Damen nasceu na província de North Brabant, Holanda, em 20 de março de 1815. Foi admitido na Companhia de Jesus em 21 de novembro de 1837, e esteve no grupo de jovens noviços trazidos para o seu país pelo Padre DeSmet, renomado missionário jesuíta para os índios americanos.
Fr. Arnold Damen, S.J.
(1815 - 1890)
Em sua ilustre carreira, que contou uns cinquenta anos de trabalho apostólico até a sua morte, em 1.º de janeiro de 1890, o Padre Damen e seus companheiros dirigiram missões em praticamente todas as principais cidades dos Estados Unidos. Diz-se que ele foi mais amplamente conhecido neste país, e que exerceu pessoalmente uma influência maior que qualquer bispo ou sacerdote na Igreja Católica.
Pequena maravilha, pois, pela sua majestosa presença e força de eloquência, o Padre Damen, como missionário, atingiu um sucesso que ultrapassou qualquer outro, antes — ou desde então —, que se saiba, na América. O inflamado zelo apostólico deste amado e piedoso sacerdote pode ser apenas estimado pelas vinte mil conversões ao catolicismo pelas quais ele foi responsável, amiúde recebendo sessenta ou setenta almas para a Igreja em um dia. É também digno de nota que, em meio ao seu notável trabalho, ele também conseguiu fundar e organizar as grandes instituições jesuítas de Chicago.
O que explica a realização inspiradora do Padre Damen? Como um escritor expressou: “Ele não se importou com aplausos ou críticas. Ele estava trabalhando para salvar almas”. Em outras palavras, suas nobres realizações foram frutos de imensa caridade. Ou seja, a caridade no sentido mais verdadeiro: Ele amava a Deus e seus companheiros tanto que ele não poupava a energia ou o esforço que fossem necessários para arrancar uma alma do erro espiritual e da escuridão que trariam a sua perda eterna. E para este santo jesuíta, tal era o destino certo e sempre presente fora da verdadeira Igreja.
O Padre Damen pregou numa época relativamente recente, quando os católicos não apenas ainda universalmente acreditavam, mas viviam segundo o infalivelmente declarado, imutavelmente constante dogma de Fé: “Fora da Igreja não há salvação”. Esse foi, de fato, todo o credo e ensino pelo qual ele efetivamente converteu tantos.

Introdução
O seguinte sermão é tão relevante hoje em dia quanto o foi há mais de 100 anos, quando pela primeira vez foi pregado pelo Padre Arnold Damen, S.J.
“’Não se pode ter Deus como Pai, se não tiver a Igreja como Mãe’, e, da mesma forma, não se pode ter o Verbo de Deus como fé, se não tiver a Igreja como mestra. É somente a infalível autoridade docente da Igreja, como foi prometido por Cristo, que preserva a Palavra de Deus da interpretação errônea”. Essa é a essência da doutrina do zeloso sacerdote. É também a essência do verdadeiro Cristianismo, como o Padre Damen prodigamente prova a partir da própria Escritura e do puro senso comum.
Todo leitor sincero da Bíblia deseja saber a verdadeira relação que Deus estabeleceu entre a Sua Igreja e a Sagrada Escritura. Nós, portanto, convidamos todos que amam a Bíblia a ler a exposição do Padre Damen com uma mente aberta, não seja que, lendo as Escrituras, “deturpem-nas para sua própria destruição” (2 Pe 3, 16).

Sermão do Padre Damen:

I. Queridos e Amados Cristãos: — Quando nosso Divino Salvador enviou os Seus Apóstolos e os Seus Discípulos por todo o universo a pregar o Evangelho para toda criatura, Ele estabeleceu as condições para a salvação desta forma: “Aquele que crer e for batizado”, disse o Filho de Deus Vivo, “será salvo, mas aquele que não crer será condenado” (Lc 16, 16). Aqui, portanto, Nosso Bendito Senhor estabeleceu as duas condições da salvação: Fé e Batismo. Aquele que crer e for batizado será salvo, mas aquele que não crer será condenado — ou é amaldiçoado. Portanto, duas condições da salvação: Fé e Batismo. Falarei, nesta tarde, da condição da Fé.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...