terça-feira, 27 de agosto de 2013

Ministro Extraordinário da Sagrada Comunhão de nossa comunidade é reinvestido no serviço pastoral

CLIQUE PARA AMPLIAR E
LER O DOCUMENTO!
Provisão válida até 27/8/2016.
Na noite de hoje, memória de Santa Mônica, em nossa Igreja-matriz Paroquial de Frei Galvão, dezessete candidatos ao Ministério Extraordinário da Sagrada Comunhão foram instituídos a este serviço eclesial pela imposição das mãos e oração do Senhor bispo Diocesano, Dom Alfredo Scháffler. Dentre os irmãos, 5 receberam pela 1ª vez esse ministério e 12 renovaram suas provisões. 
Nosso bispo advertiu que os Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão não devem apenas auxiliarem os sacerdotes na distribuição da Eucaristia nas Santas Missas, mas devem, sobretudo, serem "mensageiros da esperança" levando a Eucaristia aos doentes e idosos de nossas comunidades paroquiais.
Nossa comunidade contará com apenas um ministro extraordinário, o Sr. Hermerson Saulo, pois o Sr. Alvino Fontenele optou por não renovar a provisão de 2009, quando na época, éramos da Paróquia de Fátima (Cf. Matéria).
Rezemos por esses irmãos vocacionados!


P.S.: Mais imagens e notícias no blog da Paróquia Frei Galvão.

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Pe. João Maria celebra sua primeira Missa em nossa capela

Ontem, 25 de agosto, 4º domingo do mês vocacional, Dia de Oração pelas Vocações Leigas, também "Dia Nacional do Catequista", Pe. João Maria Araújo, vigário cooperador em nossa paróquia desde o último dia 3 de agosto (Cf. Matéria), celebrou pela 1ª vez conosco a Santa Missa. A comunidade há dias aguardava ansiosa por ouvir as palavras do nosso novo pastor!
Em sua pregação, Pe. João Maria, falou-nos sobre a importância da salvação, tema central da Liturgia da Palavra desde 21º Domingo do Tempo Comum. Falou-nos que precisamos dia-a-dia, através de nossos penamentos e ações, conquistarmos a salvação eterna.
Com linguagem clara, direta e dinâmica, nosso pastor, conquistou os fiéis. Esperamos que cada um que lhe tenha ouvido, cumpra as orientações que nos repassou para ganharmos o céu!
Nessa Missa, os catequizandos de Crisma (turma 2012-2013), convocados pelos catequistas H. Saulo e Rosa Maria, marcaram expressiva presença e Pe. João Maria, inclusive, exortou-os também a receberem com fé o Sacramento da Crisma no próximo dia 24 de setembro, exortou-os ainda a serem católicos comprometidos com a Igreja, a serem fiéis ao Papa, ajudarem a comunidade nos mais diversos ofícios: catequese, liturgia, pastorais...

Ao final da Missa, Pe. João abençoou os catequistas que estão assumindo turmas nesse ano e depois abençoou toda a comunidade.
Após a Missa, a catequista Carlota Evandra, desde o início do mês, nova Coordenadora da Catequese na Comunidade, indicada pelo coordenador anterior, H. Saulo, fez um momento de homenagens aos catequistas atuais (Maria de Jesus, Karina, Arlene, Rosa, H. Saulo), às catequistas que, no momento, estão sem turmas (D. Édina, Socorrinha, Ivanice...), e também aos futuros catequistas (pessoas que ela convocou no momento!). Ao final da homenagem, convocou todos para uma reunião após a Novena Perpétua a N. Sra. do Perpétuo Socorro, na próxima quarta-feira, 28 de agosto, a fim de tratarem sobre o futuro da catequese em nossa comunidade.
Depois do momento de homenagens aos catequistas, o coordenador da comunidade, H. Saulo, fez o lançamento da Festa da Padroeira-2013, apresentando o cartaz, o tema do Novenário e a Blusa da Festa. Os interessados na blusa devem procurá-lo até dia 6 de setembro para encomendas. O valor da blusa é R$ 15,00. 
Agradecemos a todos pela presença! Asseguramos nossas orações! Continuemos a evangelizar!

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Participe da Missa de 7º dia do falecimento de Dom Rufino!

O senhor bispo diocesano, Dom Alfredo Scháffler convida todos fiéis da Diocese de Parnaíba para se unir em oração pelo falecimento do nosso bispo-emérito, Dom Joaquim Rufino do Rêgo. Na sexta-feira próxima, 16, às 17h30, na Catedral de Nossa Senhora Mãe da Divina Graça, será celebrada a Missa de 7º dia. Antes da Santa Missa, porém, será rezado o Santo Terço.

Na tarde de hoje, a CNBB manifestou seu pesar pelo falecimento de Dom Rufino. Leia a nota:

Nota de pesar pelo falecimento de dom Joaquim Rufino do Rêgo

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil - CNBB manifesta o seu pesar pela morte de Dom Joaquim Rufino do Rêgo, aos [87] anos, bispo emérito de Parnaíba (PI). O falecimento ocorreu na tarde do último sábado, 10 de agosto. 
Este nosso irmão tem sua trajetória de vida marcada pelo serviço e dedicação ao Povo de Deus. Atuou como pároco em diversas paróquias da diocese de Oeiras (PI), onde também fora secretário do bispado (1954-1955) e responsável pela Catequese. 
Em 1971, foi nomeado pelo papa Paulo VI como primeiro bispo da diocese de Quixadá (CE). No período em que esteve nesta igreja particular (1971-1986), destacou-se na pastoral vocacional, e foi o construtor do seminário menor da diocese. Em nossa Conferência, colaborou neste período como responsável pela Pastoral Vocacional no Regional Nordeste 1. Liderou também a ajuda humanitária às vítimas da estiagem na região. 
Em 1986, o papa João Paulo II o transferiu para a diocese de Parnaíba, onde permaneceu por mais de 15 anos. Nesta diocese, criou novas paróquias e deu bastante ênfase ao trabalho vocacional. Junto ao Regional Nordeste 4, acompanhou a Pastoral Vocacional e as CEBs. 
“Na caridade de Cristo” foi seu lema episcopal, que define a marca de sua atuação como ministro da Igreja. Estamos unidos a seus familiares, a Dom Alfredo Schafller e a todos os que neste momento rezam pelo seu descanso eterno.

Leonardo Ulrich Steiner 
Bispo Auxiliar de Brasília 
Secretário Geral da CNBB 

domingo, 11 de agosto de 2013

MENSAGEM DO PAPA FRANCISCO PARA A SEMANA NACIONAL DA FAMÍLIA - 2013

Queridas famílias brasileiras,

Guardando vivas no coração as alegrias que me foram proporcionadas durante a recente visita ao Brasil [JMJ Rio-2013: 23 a 28 de julho], me sinto feliz em saudá-las por ocasião da Semana Nacional da Família, cujo tema é “A transmissão e a educação da fé cristã na família”, encorajando os pais nessa nobre e exigente missão que possuem de ser os primeiros colaboradores de Deus na orientação fundamental da existência e a segurança de um bom futuro. Para isso, “é importante que os pais cultivem as práticas comuns de fé na família, que acompanhem o amadurecimento de fé dos filhos” (Carta Enc. Lumen Fidei, 53). Neste sentido, os pais são chamados a transmitir, tanto por palavras como, sobretudo pelas obras, as verdades fundamentais sobre a vida e o amor humano, que recebem uma nova luz da Revelação de Deus. De modo particular, diante da cultura do descartável, que relativiza o valor da vida humana, os pais são chamados a transmitir aos seus filhos a consciência de que esta deva sempre ser defendida, já desde o ventre materno, reconhecendo ali um dom de Deus e garantia do futuro da humanidade, mas também na atenção aos mais velhos, especialmente aos avós, que são a memória viva de um povo e transmissores da sabedoria da vida. Fazendo votos de que vocês, queridas famílias brasileiras, sejam os mais convincentes arautos da beleza do amor sustentado e alimentado pela fé e como penhor de graças do Alto, pela intercessão de Nossa Senhora Aparecida, a todos concedo a Benção Apostólica.

Vaticano, 6 de agosto de 2013.

Francisco

Fonte: CNBB.

Pais são homenageados na Comunidade

“Quem é o administrador fiel e prudente, 
que o senhor vai colocar à frente do pessoal de sua casa, 
para dar comida a todos na hora certa?" (Mt 12, 42)

No início da noite deste 2º domingo de agosto, 11, muitos fiéis participaram da Celebração da Palavra de Deus (XIX Domingo do Tempo Comum), quando na oportunidade se prestou homenagens aos pais no dia em que celebram seu maior dom: a paternidade! 
Durante a celebração o Ministro Extraordinário da Sagrada Comunhão, H. Saulo, destacou a personagem principal da 2ª leitura de hoje, Carta aos Hebreus, capítulo 11: o patriarca Abraão, que sendo filho obediente de Deus, teve a partir dessa obediência da fé, a graça da paternidade já em idade bem avançada! H. Saulo citou outros exemplos de paternidade responsável nas Sagradas Escrituras, destacando São José, pai adotivo de Jesus. Ao final da pregação convidou todos a rezarem pelos pais, que são colaboradores de Deus junto à Criação, pediu ainda para se rezar por aqueles não vivem bem sua vocação, abandonando seus filhos, e pediu ainda que se rezasse pelos jovens rapazes, futuros papais.
Durante a celebração, rezou-se por Dom Joaquim Rufino, bispo-emérito de Parnaíba, falecido ontem, 10, e sepultado na tarde de hoje na Catedral da Diocese de Parnaíba. Nosso agradecimento a Deus por ter-nos dado esse grande pastor e pai para nossa Diocese.
Seu Raimundo "Mestrim", Seu Bernardino "Caduco" e Seu Antônio, ganhadores dos sorteios!
Ao final da celebração, sorteou-se algumas lembrancinhas aos poucos pais presentes. Precisamos rezar muito para conseguirmos ampliar a participação dos pais em nossas celebrações! 
O Ministro, que também é Coordenador da Comunidade, apresentou um relatório financeiro sobre o que foi investido na reforma realizada durante esta semana na Capela. O Coordenador, agradeceu ainda a dedicação dos "pais-pedreiros" na realização dessa obra: Mestrim, Alvino, Severiano, Bossuet e Amadeus. Que Deus continue sempre abençoando-os!

Parabéns, Papais! Continuem dando bons exemplos para seus filhos!

sábado, 10 de agosto de 2013

Morre Dom Rufino, nosso "bispo do coração".

Aos 87 anos de vida, sendo que 61 deles dedicados à vocação sacerdotal, numa data bastante significativa, memória do martírio de São Lourenço, diácono, 10 de agosto, faleceu após período de longa enfermidade, nosso querido bispo-emérito, Dom Joaquim Rufino do Rêgo. 
Nosso pesar pela morte de tão dedicado pastor! Que o bom Deus console seus familiares e cada fiel da Diocese de Parnaíba!
Seu velório acontece na Igreja-Catedral de Nossa Senhora Mãe da Divina Graça. Amanhã, 11, às 16h será celebrada missa de corpo presente presidida pelo atual bispo diocesano, Dom Afredo Scháffler. Seu sepultamento será após a missa e na própria Catedral, como os bispos anteriores, Dom Felipe e Dom Paulo.
Mais informações sobre os Bispos da Diocese de Parnaíba, acesse esse LINK.

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Colabore com nossa Reforma-2013!!

Todo ano e, sempre próximo à Festa da Padroeira da Comunidade, N. Sra. Aparecida, nos organizamos para fazer uma reforma na capela, às vezes se faz apenas uma re-pintura das paredes, mas neste ano o processo de reforma é maior e mais caro: estamos revestindo, em cerâmica, as paredes internas de nossa capela! 
E por quê? Devido ao tempo e à erosão, os rebocos dos rodapés das paredes internas tem caído e todo ano precisam ser reformados, assim, já estamos realizando essa tão importante obra para melhor acolher nossos irmãos e irmãs em Cristo.
Ainda não terminamos de pagar os custos dessa reforma, dessa forma, esperamos contar com a generosidade de quem nos lê e/ou nos visita/frequenta! Se você puder e deseja doar alguma quantia em dinheiro para custear essa reforma, procure nossa Coordenação.
Confira imagens de nossa reforma...
Na parte superior, foto tirada em 5.8.2013, ao lado dela, foto no dia 6.8.2013,
as duas em baixo, no dia 7.8.2013. Seu Severiano e Seu Raimundo tem se empenhado nessa missão!
Que Deus os recompense!

domingo, 4 de agosto de 2013

Em alocução antes do "Angelus" Papa Francisco recorda a JMJ Rio-2013

PAPA FRANCISCO
ANGELUS
Praça São Pedro – Vaticano
Domingo, 4 de agosto de 2013
Queridos irmãos e irmãs!

Domingo passado eu estava no Rio de Janeiro. Concluía-se a Santa Missa e a Jornada Mundial da Juventude. Penso que devemos todos juntos agradecer ao Senhor pelo grande dom que foi este acontecimento para o Brasil, para a América Latina e para o mundo inteiro. Foi uma nova etapa na peregrinação dos jovens através dos continentes com a Cruz de Cristo. Não devemos nunca esquecer que as Jornadas Mundiais da Juventude não são “fogos de artifício”, momentos de entusiasmo com fins em si mesmos; são etapas de um longo caminho, iniciado em 1985, por iniciativa do Papa João Paulo II. Ele confiou aos jovens a Cruz e disse: ide, e eu irei com vocês! E assim foi; e esta peregrinação dos jovens continuou com o Papa Bento [XVI] e graças a Deus também eu pude viver esta maravilhosa etapa no Brasil. Recordemos sempre: os jovens não seguem o Papa, seguem Jesus Cristo, levando a sua Cruz. E o Papa os guia e os acompanha neste caminho de fé e de esperança. Agradeço por isso os jovens que participaram mesmo a custa de sacrifícios. E agradeço ao Senhor também pelos outros encontros que tive com os Pastores e o povo daquele grande país que é o Brasil, bem como as autoridades e os voluntários. O Senhor recompense todos aqueles que trabalharam por esta grande festa da fé. Quero destacar também o meu agradecimento, tantos agradecimentos aos brasileiros. Brava gente esta do Brasil, um povo de grande coração! Não esqueço a sua calorosa acolhida, as suas saudações, os seus olhares, tanta alegria. Um povo generoso; peço ao Senhor que o abençoe muito!
Gostaria de pedir-vos para rezarem comigo a fim de que os jovens que participaram da Jornada Mundial da Juventude possam traduzir esta experiência no seu caminho cotidiano, nos comportamentos de todos os dias; e que possam traduzi-lo também em escolhas importantes de vida, respondendo ao chamado pessoal do Senhor. Hoje na liturgia [18º Domingo do Tempo Comum] ecoa a palavra provocativa de Eclesiastes: “Vaidade das vaidades… tudo é vaidade” (1, 2). Os jovens são particularmente sensíveis ao vazio de significado e de valores que muitas vezes os circunda. E infelizmente pagam as consequências. Em vez disso, o encontro com Jesus vivo, na sua grande família que é a Igreja, enche o coração de alegria, porque o enche de vida verdadeira, de um bem profundo, que não passa e não apodrece: vimos isso nos rostos dos jovens no Rio. Mas esta experiência deve enfrentar a vaidade cotidiana, o veneno do vazio que se insinua nas nossas sociedades baseadas no lucro e no ter, que iludem os jovens com o consumismo. O Evangelho deste domingo nos lembra propriamente o absurdo de basear a própria felicidade no ter. O rico diz a si mesmo: ó minha alma, tens à disposição muitos bens… descansa, come, bebe e divirta-se! Mas Deus lhe diz: Insensato, nesta noite ainda exigirei de ti a tua alma. E as coisas que ajuntaste, de quem serão? (cfr Lc 12, 19-20). Queridos irmãos e irmãs, a verdadeira riqueza é o amor de Deus compartilhado com os irmãos. Aquele amor que vem de Deus e faz com que nós compartilhemos entre nós e nos ajudemos entre nós. Quem faz esta experiência não teme a morte, e recebe a paz do coração. Confiemos esta intenção, a intenção de receber o amor de Deus e compartilhá-lo com os irmãos, à intercessão da Virgem Maria.

OBS.: Ressaltamos que nossa Comunidade foi representada nessa Jornada por nosso Coordenador, o jovem Hermerson Saulo.
Nesse dia 4, DIA DO PADRE, memória de São João Maria Vianney, padroeiro dos presbíteros, peçamos a este grande santo e a Nosso Senhor Jesus Cristo, o Bom Pastor para que abençoe todos os padres de nossa Diocese de Parnaíba, em especial nosso pároco, Pe. Vicente Gregório e nosso vigário, Pe. João Maria.

FONTE (Adaptado): Boletim da Santa Sé | Tradução: Jéssica Marçal | Canção Nova.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...