segunda-feira, 28 de março de 2016

Fiéis celebram a Festa da Páscoa 2016

Na noite de ontem, muitos fiéis acorreram à  nossa capela para participar da Santa Missa na festa da Páscoa da Ressurreição do Senhor.
Presidiu a celebração eucarística, o nosso pároco, Pe. Vicente Gregório. Na sua homilia, o reverendo destacou a necessidade de cremos na vida eterna doada por Cristo e de aprendermos a cada dia se deixar ressuscitar por Cristo!! Muitas coisas em nossa vida precisam morrer para renascer coisas melhores!
  • Caso não veja as imagens acima, clique AQUI.
A ressurreição de Jesus é o centro de nossa fé: “Se Cristo não ressuscitou, então é vã nossa proclamação, vã também nossa fé.” (1Cor 15,14). [...] A ressurreição também é o ponto de partida para a missão da Igreja. Ela instaura entre nós o Reinado definitivo de Deus. Por isso a Igreja pode exclamar: Cristo ressuscitou: Aleluia! A ressurreição de Jesus é o sinal que nos certifica a redenção [...] A ressurreição é o início de uma nova vida, sem dor, luto ou pranto. É a vida transformada em Deus, vida definitiva para a qual fomos criados. (Dom Pedro Carlos Cipollini)
Para nós, foi motivo de grande júbilo esta data, porque depois de muitos tempo voltamos a ter a Santa Missa no dia da Páscoa. Como a data da Páscoa é móvel, nem sempre ocorre desta celebração coincidir com os dias de missas em nossa comunidade, que são o 2º e o 4º domingo de cada mês!
A responsabilidade da limpeza da capela e da liturgia ficou por conta da Catequese.

  • Para saber mais... "A data da Páscoa"
A páscoa judaica (Pesach), que ocorre 163 dias antes do início do ano judaico, foi instituída na época de Moisés, uma festa comemorativa feita a Deus em agradecimento à libertação do povo de Israel escravizado pelo Faraó, o rei do Egito. Esta data não é a mesma da Páscoa Juliana (Ortodoxos) e Gregoriana (Católicos).
O dia da Páscoa cristã, que marca a ressurreição de Cristo, de acordo com o decreto do papa Gregório XIII, Inter Gravissimas (1582), seguindo o primeiro concílio de Nicéia de 325 d.C., convocado pelo imperador romano Constantino, é o primeiro domingo depois da Lua Cheia que ocorre em ou logo após 21 de março, data fixada para o equinócio de primavera no hemisfério norte. 
De acordo com essas regras, a Páscoa Católica nunca acontece antes de 22 de março nem depois de 25 de abril. A Quarta-Feira de Cinzas ocorre 46 dias antes da Páscoa e, portanto, a Terça-Feira de carnaval ocorre 47 dias antes da Páscoa.

Juventude da Comunidade fazem mutirão para capina

Na tarde do Domingo de Páscoa, alguns jovens da comunidade, os "Guerreiros de Cristo", se reuniram e fizeram a capina da área lateral de nossa capela. Tudo para melhor acolher os fiéis!



Nossa gratidão pela disponibilidade! Parabéns, pelo trabalho!
Quando se está unido em prol do bem comum, isto é Ressurreição!

quinta-feira, 24 de março de 2016

Última Via Sacra da Quaresma-2016 é realizada pelas ruas da comunidade

Na noite de ontem, dezenas de fiéis da comunidade realizaram uma belíssima Via Sacra pública. Como divulgado anteriormente (Cf. AQUI), treze casas foram selecionadas para servirem de estações.
Pontualmente às 19h, o coordenador da Comunidade, no átrio da Capela, abriu esta Celebração Penitencial para a recordação dos Mistérios da Paixão de Cristo e se seguiu em caminhada para a 1ª Estação. À medida que a peregrinação se aproximava de uma nova estação, mais fiéis acorriam ao local e acompanhavam a Celebração.
Todas as ruas do Conjunto Broder Ville foram contempladas com paradas. Em cada estação os fiéis ouviam a leitura bíblica (Profecias de Isaías e os Evangelhos), oravam e meditavam em silêncio. Depois, partiam caminhando e cantando hinos piedosos.

  • Caso não veja as imagens acima, clique AQUI.
Às 20h30, os fiéis já se reaproximavam da Capela onde, também no átrio, contemplaram a 14ª estação e participaram da Oração Conclusiva da Via Sacra.
Agradecemos as famílias que cederam as suas frentes de casas para servirem de estações da Via Sacra, agradecemos também às fiéis Édina, Núbia, entre outras, que ornamentaram os postes por onde a peregrinação percorreu.
Que todos os fiéis da comunidade, tenham uma Feliz e Santa Páscoa!

Uma OBSERVAÇÃO: nossa última Via Sacra pública aconteceu há quase 4 anos, no dia 28/09/2012, durante as Santas Missões Populares (Cf. Relembre AQUI.). Na ocasião, as estações ocorreram no quarteirão do colégio e da capela da comunidade.

Um CONVITE: no próximo domingo, 27 de março, às 19h, participem da Santa Missa de Páscoa em nossa Capela.

segunda-feira, 21 de março de 2016

CONVITE: Participe nesta Quarta-feira Santa da Via Sacra nas ruas da comunidade!


Com a Celebração de Ramos, fiéis da comunidade abrem a Semana Santa 2016

Na noite de ontem, muitos fiéis participaram da Celebração da Palavra de Deus no dia em que a Igreja recorda a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém, a cidade em que sofrera por amor a nós!

  • Caso não veja as imagens acima, clique AQUI.
No Missal Romano, há um comentário que expressa o sentido da Celebração litúrgica do Domingo de Ramos: "Meus irmãos e minhas irmãs, durante as cinco semanas da Quaresma, preparamos os nossos corações pela oração, pela penitência e pela caridade. Hoje aqui nos reunimos e vamos iniciar, com toda a Igreja, a celebração da Páscoa de nosso Senhor. Para realizar o mistério de sua morte e ressurreição, Cristo entrou em Jerusalém, sua cidade. Celebrando com fé e piedade a memória desta entrada, sigamos os passos de nosso Salvador para que, associados pela graça à sua cruz, participemos também de sua ressurreição e de sua vida".
A celebração de Ramos se deu em duas partes: a primeira ocorreu na praça de nossa comunidade (que ainda está em construção); neste momento os fiéis ouviram o Evangelho da Entrada de Jesus em Jerusalém (Lucas 19,28-40) e, depois seguiram em procissão aclamando Cristo como Rei, com seus ramos nas mãos, até à capela onde aconteceu a segunda parte desta celebração; na capela, os fiéis participaram atentamente da Liturgia da Palavra, cuja mensagem principal foi a Paixão do Senhor. 
Presidiu esta Celebração da Palavra de Deus o ministro extraordinário, Hermerson Saulo e o auxiliaram na proclamação das Sagradas Escrituras, muitos adolescentes e jovens da comunidade. 
No Domingo de Ramos, desde 1985, com São João Paulo II, celebra-se a Jornada Mundial (Diocesana) da Juventude. Para nossa comunidade é motivo de alegria ver, nosso jovens empenhados em celebrar sua fé comum! Que Deus abençoe nossa juventude!
Nesta celebração, no ofertório, fizemos a Coleta Nacional da Solidariedade, gesto concreto da Campanha da Fraternidade.  A prestação de contas do arrecado em todas as comunidades de nossa paróquia será feita amanhã, Terça-feira Santa, às 17h30, na Santa Missa Crismal, na Catedral. Participe!
Que tenhamos todos uma Feliz e Abençoada Semana Santa!

ATENÇÃO: Confira abaixo a Programação do TRÍDUO PASCAL na nossa Igreja Matriz de Frei Galvão:
No próximo Domingo, 27 de março, temos Santa Missa de Páscoa, na Capela da Comunidade! Participem!

quinta-feira, 17 de março de 2016

Comunidade reflete e reza, em famílias, o tema da CFE 2016

Ao longo de um mês, realizamos 6 encontros, em famílias, aonde refletimos o tema da 4ª Campanha da Fraternidade Ecumênica (CFE) deste ano.
Calendário dos encontros realizados nesta Campanha.
Mais uma vez, utilizamos subsídio preparado pela Scala Editora
Foram encontros muito agradáveis... os participantes partilham experiências e refletiam sobre o cuidado da Criação divina à luz da Palavra de Deus.
  • Caso não veja as imagens acima, clique AQUI.
Nestes encontros, os fiéis, pensaram em ações que cada um pode fazer para atingirmos os objetivos desta Campanha. São objetivos desta CFE:
  • Unir Igrejas, diferentes expressões religiosas e pessoas de boa vontade na promoção da justiça e do direito ao saneamento básico; 
  • Estimular o conhecimento da realidade local em relação aos serviços de saneamento básico; 
  • Incentivar o consumo responsável dos dons da natureza, principalmente da água; 
  • Apoiar e incentivar os municípios para que elaborem e executem o seu Plano de Saneamento Básico; 
  • Acompanhar a elaboração e a excussão dos Planos Municipais de Saneamento Básico; 
  • Desenvolver a consciência de que políticas públicas na área de saneamento básico apenas tornar-se-ão realidade pelo trabalho e esforço conjunto; 
  • Denunciar a privatização dos serviços de saneamento básico, pois eles devem ser política pública como obrigação do Estado; 
  • Desenvolver a compreensão da relação entre ecumenismo, fidelidade à proposta cristã e envolvimento com as necessidades humanas básicas.
Que esta Quaresma tenha sido um tempo favorável em que cada fiel, tenha se convertido e faça novos convertidos a fim de que, juntos, busquemos vida plena para todos!

segunda-feira, 14 de março de 2016

Fiéis celebram o 5º Domingo da Quaresma 2016!

No início da noite de ontem os fiéis da comunidade acorreram à nossa capela e participaram da Santa Missa do 5º Domingo da Quaresma! Neste, domingo, o último da Quaresma, a Igreja nos incentiva à velar as imagens, como sinal de conversão, penitência e reflexão pessoal a fim de buscarmos celebrar festivamente a Páscoa do Senhor!

  • Caso não veja as imagens acima, clique AQUI.
Nesta Santa Missa, nosso pároco, Pe. Vicente Gregório, exortou os fiéis à conversão e às práticas das obras de misericórdia a fim de nos prepararmos melhor para a Semana Santa que se aproxima. O reverendo exortou ainda a todos a terem as mesmas atitudes de Jesus diante da mulher pega em adultério, ou seja, não fazermos julgamentos ou tomarmos decisões precipitadas.
Nesta Eucaristia rezamos pelos fiéis dizimistas da comunidade e também pelo 7º dia do falecimento de dona Josefa, avó de nossa coroinha Camila.

UM POUCO DE CATEQUESE LITÚRGICA...

Por Pe. Paulo Ricardo Azevedo.
  • De onde vem o costume católico de velar as imagens sacras durante o tempo litúrgico da Quaresma?

A resposta para essa questão deve ser encontrada na riquíssima arquitetura litúrgica da Igreja. Em primeiro lugar, não é verdade que as imagens sejam cobertas por toda a Quaresma, mas somente nos dias que precedem a Paixão do Senhor, mais exatamente a partir do 5.º Domingo da Quaresma. Diferentemente do Missal Romano de 1962, as rubricas do Missal de Paulo VI não preveem mais a obrigatoriedade dessa prática (cf. Paschalis Sollemnitatis, n. 26). Cabe às Conferências Episcopais discernir a oportunidade de se manter esse costume em cada região, a depender da recepção cultural que o acompanha. Como o Brasil é um país de antiga tradição católica, não há problema algum na sua observância.
Mais importante que a letra da rubrica, porém, é compreender o seu significado. Ao velar o crucifixo, até a Sexta-feira Santa, e as imagens dos santos, até a Vigília Pascal, a Igreja antecipa o luto pela morte de seu Senhor, incutindo nos fiéis uma mortificação à sua visão. O foco das leituras também é outro: nas primeiras semanas da Quaresma, os textos litúrgicos chamavam sobretudo à penitência e à conversão pessoais; a partir da 5.ª semana da Quaresma — que, no calendário antigo, se chamava simplesmente 1.º Domingo da Paixão —, os fiéis começam a ouvir as narrativas do Evangelho de São João, chamados a manter o olhar fixo em Jesus crucificado, não tanto com os olhos da carne, mas com os da alma.
Em sua pedagogia de mãe, portanto, a Igreja introduz-nos em um mistério. Neste fim de semana, as cruzes são veladas, mas, na Sexta-feira da Paixão, novamente elas são descobertas e dadas à adoração dos fiéis. Com esse gesto, os católicos, evidentemente, não adoramos um pedaço de madeira ou de gesso (cf. S. Th., III, q. 25, a. 4), mas o amor de Cristo que se manifestou na Cruz. Aproveitemos esse tempo de silêncio e sobriedade, intensifiquemos a nossa vida de penitência e meditemos sobre o infinito amor do Senhor, o qual, "amando os seus que estavam no mundo, amou-os até o fim" (Jo 13, 1).

Fiéis recordam o 1º Mês da Páscoa de Domingos Agostinho de Brito

Na manhã de sábado, nossa capela acolheu os parentes e amigos do Sr. Domingos Agostinho de Brito, para celebrar o 1º mês do seu repouso eterno no Céu. Seu Domingos era irmão da nossa fiel dizimista Helena Brito.

  • Caso não veja as imagens, clique AQUI
Nosso pároco, Pe. Vicente, presidiu a celebração e exortou a todos a confiar na bondade e na misericórdia do Pai. Seu Domingos nos antecedeu na eternidade, onde nós também, um dia estaremos!
Oremos pela família do Sr. Domingos a fim de que Deus e a Virgem Santa os confortem!

quinta-feira, 10 de março de 2016

Fiéis participam de palestra sobre o combate ao "Aedes aegypti"

“Que a saúde se difunda sobre a terra” (Eclo 38,8).
"Eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância" (João 10,10)

Na noite hoje, abrimos nossa capela e recebemos moradores da comunidade (fiéis católicos e também de outras denominações cristãs) que vieram participar de uma palestra (na verdade, um bate-papo) promovida por uma equipe do Posto de Saúde do bairro, formada pela enfermeira Valdiana Lima e pelas agentes comunitárias de saúde, Édina, Lucilene e Gilcia.

  • Caso não veja as imagens acima, clique AQUI.
O objetivo desta ação foi conscientizar a todos, que devemos ser solidários uns aos outros, cuidando uns dos outros, sobretudo da saúde de cada um, pois todos, juntos, Estado, sociedade, crentes ou ateus, devemos combater às fêmeas do mosquito Aedes aegypti a fim de que possamos ter mais pessoas saudáveis e, portanto, SEM Dengue, Febre Chikungunya e Zika vírus (e crianças com microcefalia).
Nossa gratidão à equipe de saúde que, excelente momento de reflexão e aprendizagem que proporcionaram aos moradores e fiéis da comunidade!
Voltem sempre, afinal, Deus quer vida e saúde plena para todos!

terça-feira, 8 de março de 2016

CONVITE: 1ª Visita de Dom Juarez, bispo coadjutor de Parnaíba, à Paróquia Frei Galvão! Participem!!


Comunidade dá inicio aos encontros de Catequese de 2016

Na manhã do último domingo, os catequistas da comunidade recepcionaram as crianças que foram inscritas para participar da Catequese. Neste primeiro encontro do ano, algumas crianças eram novatas e outras já estavam continuando seu catecumenato. 
O encontro iniciou com o momento de acolhida fraterna e oração conduzida pelo catequista Hermerson Saulo. Em seguida, as crianças assistiram a apresentação de uma pequena peça teatral sobre a parábola do “Bom Samaritano” (Lucas 10, 25-37). Os catequistas Roberto, Jerlan, H. Saulo, Heitor, Lays, Kauanny e Maria de Jesus foram os atores e a catequista Carlota foi a narradora da história.
O objetivo deste encontro, à luz do Jubileu da Misericórdia, foi fazer com que as crianças compreendessem o que é e como acontece a misericórdia divina. Que todas as crianças, no dia-a-dia, sejam misericordiosas como o Pai do céu!
Dias/horários dos encontros de Catequese  na comunidade, neste ano
Ao final do encontro cada criança ficou um pouco com seus catequistas para aprenderem/memorizarem os dias e horários dos seus encontros de Catequese. As catequistas Maria de Jesus e Socorro ficarão com as crianças de 8 e 9 anos aos sábados, às 16h; a catequista Carlota e o neo-catequista Heitor ficarão com as crianças de 10 a 12 anos no domingo, às 8h e as catequistas Kauanny e Lays ficarão com as crianças de 6 e 7 também nos domingos, às 9h.
Confira imagens do início dos encontros da Catequese com as crianças:

  • Caso não vejam as imagens acima, clique AQUI.
Salientamos que os encontros estavam previstos para iniciar no sábado, porém com coincidência da chegada de Dom Juarez à cidade, tivemos de transferir para o domingo. Salientamos ainda que desde 13 de fevereiro os encontros de Catequese da turma de Primeira Comunhão já haviam iniciado, tendo em vista que está previsto para dia 22 de maio esta celebração solene. Mais de vinte crianças estão sendo preparadas nos sábados, às 15h, pelos catequistas Alvino e Rosa Maria.
E, no início da noite do mesmo dia, deu-se início também aos encontros de Catequese Crismal. Muitos jovens, como também adultos, fizeram sua inscrição para participar desta catequese. Neste ano, temos a graça de acolher entre a maioria dos inscritos, fiéis dos novos Residenciais Dom Rufino I e II.
O primeiro encontro de Crisma foi também conduzido pelo catequista H. Saulo. O objetivo deste primeiro encontro era levar a todos os presentes a terem conhecimento de si e do outro e aprenderem a conviver em grupo. 
A leitura bíblica que guiou o encontro foi a de Marcos 3, 16-19, que trata da convocação dos Apóstolos. Oremos para que todos que se sentiram convidados a fazer parte da escola de Jesus, na Catequese, perseverem nesta vocação e deem frutos na nossa comunidade!
Confira imagens do início dos encontros da Catequese com os jovens e adultos:

  • Caso não vejam as imagens acima, clique AQUI.
No próximo final de semana e nos demais sábados, às 18h, os jovens se encontrarão com os catequistas H. Saulo e Édina e os adultos, também nos sábados, às 19h, se encontrarão com os catequistas Roberto e Jerlan.
Terminado o 1º encontro de Catequese Crismal, os fiéis celebraram a Palavra de Deus do 4º Domingo da Quaresma (domingo da alegria).
Oremos, enfim, por todos os pais para que acompanhem seus filhos na catequese e nas celebrações em nossa comunidade. Oremos também pelos adultos para aprendam o caminho da santidade e perseverem na fé!

Comunidade se associou à iniciativa “24 horas para o Senhor” 2016 e participou da acolhida de dom Dom Juarez

No final de semana, 04 e 05 de março, em toda a Paróquia Frei Galvão, conforme a convocação do Santo Padre Francisco, realizou-se as “24 horas para o Senhor”, neste ano, à luz do Jubileu Extraordinário da Misericórdia.
Na sexta-feira, às 17h30 os fiéis participaram da Santa Missa na Matriz Paroquial e, em seguida, alguns sacerdotes da Diocese atenderam a confissão dos fiéis que desejavam reconciliar-se com Deus e com a Igreja.
Na manhã do sábado, no Centro de Evangelização localizado no Residencial Dom Rufino I e na Capela de São Vicente de Paulo, no bairro S. Vicente, houve a prática das obras de misericórdia corporais: “dar de comer a quem tem fome” e “vestir os nus” – distribuiu-se caldo de carne e realizou-se um brechó solidário. Mais de 500 pessoas foram beneficiadas com essa ação.
Nossa comunidade associou-se à Comunidade N. Sra. de Pentecostes (Dom Rufino I) na preparação do caldo que foi distribuído gratuitamente aos irmãos carentes. Além de doarmos alimentos, fizemos também doação de roupas. Da mesma forma, a Pastoral Familiar também deu grande apoio na realização desta obra de misericórdia.
No final da manhã, os paroquianos de Frei Galvão se juntaram a outros fiéis de Parnaíba, na rotatória da Cooperativa de Laticínios Delta, para recepcionarem o bispo coadjutor de Parnaíba, Dom Juarez Sousa da Silva. Além dos fiéis leigos, muitos padres e religiosos, junto com o senhor bispo diocesano, Dom Alfredo Scháffler, aguardavam o novo pastor. O prefeito municipal, Florentino Alves Veras Neto também recepcionou o mais novo prelado da diocese.
Ao meio-dia chegava o tão esperado pastor. O prefeito municipal presenteou-lhe com a bandeira de Parnaíba e muitos fiéis cumprimentaram Dom Juarez. Em seguida, muitos carros acompanharam em cortejo o novo bispo até a sua casa, o Palácio Episcopal, localizado no bairro Nova Parnaíba.
O coordenador de nossa comunidade, H. Saulo e os jovens Jerlan, Lays e Roberto participaram desta recepção a Dom Juarez.
No final da tarde, a juventude de nossa comunidade e de nossa paróquia se juntou aos inúmeros movimentos juvenis das paróquias parnaibanas e, diante do Palácio Episcopal realizaram um “flash mob” de boas-vindas ao novo bispo. Em seguida, Dom Juarez e alguns padres, acompanhado de uma multidão de jovens e outros fiéis, caminharam até a Igreja Catedral de N. Sra. Mãe da Divina Graça.
Estas “24 horas para o Senhor” foram momentos de graças e bênçãos para nossa paróquia e diocese!!
Oremos por nossos pastores a fim de que eles possam, em seu ministério, apresentar-nos Jesus, o “Rosto da Misericórdia do Pai” e que todos nós sejamos "Misericordiosos como o Pai do Céu é"!
Para ver mais imagens e mais informações sobre esse dia de graça para nossa Paróquia e Diocese, acesse o blog de nossa paróquia, clique: http://paroquiasfreigalvaophb.blogspot.com.br/2016/03/paroquia-realiza-as-24-horas-para-o.html
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...